14 de septiembre de 2011

Ela e a Lua


Flor da pele - em arrepio;
Pétalas, lábios, ambos abertos - em cio.
Um desabrochar ao clarão noturno;
Toques do vento, ondas de calor;
E a lua... - um voyeur!

2 comentarios:

  1. Olá, Ivana!

    Adorei te conhecer e re-encontrar a Narjara ontem a noite.
    Parabéns pelo blog e pela belíssima poesia! Também gosto da temática do erotismo abordada em versos. E você o faz com muita singeleza e sentimento.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Grata, Henrique!
    Qualquer hora te faço uma visita virtual para conhecer sua poesia tb.
    Abraços poéticos!

    ResponderEliminar