22 de julio de 2011

Haikai nº 9











vem vindo a nuvem
anunciando tormenta
ovelha negra.

2 comentarios:

  1. Quando o céu de minha Minas fica cinza, tudo se acinzenta com ele. As plantas deixam de ter cor, as aves ficam silenciadas e não esperança. Mas quando a ovelha negra se mostra nas nuvens carregadas, sabemos que chuva vem com força e fúria. Há temor, não posso negar, mas há também sabor e esperança. Pois depois que nuvem negra, trajando tormenta passa, o cinza da terra, o cinza dos olhos também passam. Só há espaço para vida, cor e poesia.

    Vir a este blog, é adentrar em um jardim. Eu amo jardim, pois toda flor, seja ela qual for, me traz alegria. Me sinto em casa, estando aqui.

    Parabéns pelo lindo blog.

    ResponderEliminar
  2. Diogo, que lindo o seu comentário, que lindo poema! Me senti "nas nuvens", não em nuvens negras que tbm são lindas e mandam a chuva que fecunda a terra, mas me senti em brancas nuvens de uma manhã de verão. Sinta-se à vontade, querido beija-flor.
    Abraços.

    ResponderEliminar